<transcy>O carrinho de compras</transcy>

Parece que o seu carrinho está vazio!

<transcy>CONTINUE A COMPRAR</transcy>

Conheça os grandes mestres que fazem suas roupas recicladas

Todas as nossas peças são feitas à mão por costureiras seniores.

Nosso objetivo é criar mais oportunidades para mulheres com mais de 50 anos, valorizando todas as formas de trabalho, principalmente aquelas que estão se perdendo, como a costura tradicional.

Não é caridade. É uma estratégia de negócios, ou melhor, é um modelo de negócio social.

Na verdade, reciclar material morto exige habilidades que grandes mestres mostram facilmente, colocando toda a sua experiência e alma na construção de roupas.

Portanto, obtemos roupas recicladas de alta qualidade para oferecer à nossa comunidade de clientes e esses mastersewers obtêm novas oportunidades de serem pagos de forma justa e podem administrar seu tempo de acordo com seu ritmo e objetivos de vida. < / p>

O reconhecimento dessas talentosas mulheres é feito dentro dos programas e workshops de inclusão social que chamamos de Da vovó ao moderno , que consistem em sessões de upcycling de um traje para expor em um photoshoot profissional e uma passarela onde as participantes são também as modelos, mostrando que a beleza não tem idade e que a verdadeira tendência é parar com o desperdício humano e material. O envelhecimento ativo e a participação cívica são ferramentas poderosas para melhorar o bem-estar e a qualidade de vida, e esses programas também oferecem oportunidades de aprendizagem ao longo da vida.

Quem tem aptidões e ainda tem vontade de trabalhar está convidado a fazer parte da nossa rede de costureiras autónomas, a quem confiamos a confecção das peças encomendadas, de acordo com os prazos e disponibilidade.

Temos o orgulho de apresentar aqueles que estão conosco quase desde o início, sempre nos inspirando a fazer o nosso melhor para mantê-los conosco.

Felicidade Ribeiro e Conceição Seabra, 66 anos e melhores amigas de sempre.
Eles começaram como participantes das oficinas e se conheceram lá. Logo percebemos seu talento. Felicidade foi nossa primeira mastersewer e mais tarde ela se juntou a Conceição em um projeto de upcycling próprio que é o AminaReuz.

Maria Rodrigues e Maísa Carvalho, 56 anos e 59, decidiram abrir um pequeno negócio de costura em Braga. Maria tinha uma pequena fábrica que foi fechada por problemas familiares. Naquela época ela já estava nos doando muito material lixo e até nos apoiou na modelagem.

A Maísa é uma migrante brasileira que foi professora na sua terra natal, mas sempre gostou do artesanato e decidiu colaborar com a Maria, a fim de ganhar algum dinheiro para pagar os seus estudos em Portugal. Eles são uma ótima equipe.

Para além da nossa rede, e para podermos responder às encomendas mais elevadas, também fizemos parceria com uma pequena fábrica sediada em Vila Nova de Gaia, Portugal, que só contrata mulheres com mais de 50 anos.

Estamos ansiosos para aumentar nossa rede de grandes mestres e artesãos.

Lamentamos muito a má qualidade das imagens, mas algumas delas foram tiradas por elas e serviram para o propósito, registrar o momento ...